20090417

Manias

A Joaninha deu-me um prémio
Que coloquei lá ao fundo…
Fica aí em exposição
Para que o veja todo o mundo

Ela bem pensou em me premiar
Mas quer que eu siga as regras do jogo
Ainda que seja a brincar
Às vezes brinca-se com o fogo…

Uma das regras é referir
Cinco manias, apegos, ou obsessões que eu tenha.
Porque me apetece fugir
Uso um bocado de manha

É uma das minhas manias
Detestar que me ditem qualquer regra,
Por isso o desafio fica a meio
Se não ainda a moda pega.

Dormir no sofá com a lareira acesa
É uma outra mania
Se adormeço cansada à noite
Corro o risco de só acordar de dia

Uma massagem nas costas à noite
É uma obsessão
Que se torna mais relaxante
Com uma boa dose de paixão

Mimos ao acordar
É um hábito, um apego
Para correr bem o dia
Para que haja sossego

Internet é outra coisa
Com que já não sei viver
Mas não é das mais saudáveis
Nem das que mais fazem crescer…

20 comentários:

Baby disse...

"Internet é outra coisa
Com que já não sei viver
Mas não é das mais saudáveis
Nem das que mais fazem crescer… "

Concordo, mas também tem coisas boas!

Um beijinho.

ParadoXos disse...

da que pensar e repensar, muito...

abraços meus

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Perla, belo post...Espectacular....
Beijos

Sonia Schmorantz disse...

“Nada há de mais poderoso que uma idéia
Que chegou no tempo certo.”
Victor Hugo

Tenha uma semana maravilhosa.
Abraço

Sônia

Multiolhares disse...

Nada melhor que mimos,
carinhos nos fazem aprender
que podemos ceder na vida
O amor faz-nos crescer
beijos

lua prateada disse...

adoro dar e receber miminhos...
Passando para dizer :Vive de maneira a poderes aprender a amar,
ama de maneira a poderes aprender a viver.
Não necessitas de nenhuma outra lição...
E como o FDS está aí então que seja ele para expandires teu coraçao.
Beijinho prateado

SOL

Joaninha disse...

Que giro que ficou :)

beijos

PS: eu também não costumo aceitar prémios, mas desta vez não resisti.

OUTONO disse...

Sorrio...neste desafio...com imaginação. E até partilho da mesma opinião!

Beijinho

Vieira Calado disse...

Dormir no sofá com a lareira acesa?

Já tem corrida mal a muita gente.

Espero que não, a si!

Cumprimentos meus

Espaço do João disse...

Belo poema. Quanto a dormir coma lareira acesa, faço muitas vezes, pois tenho uma boa lareira e, sei como funciona.

Falando de abelhas.
Não , só picam se lhes fizermos mal. Quando é para apanhar um enxame, façoõ sempre assim,agora quando da extração do mel ou visita ao apiário faço com as devidas precauções. De vez em quando, vou ao apiário colher 3 ou 4 para levar as ferradelas. Fazem-me aliviar as dores dos joelhos e da coluna lombar. Note-se que não sou alérgico á Apictina que é um belíssimo anti-inflamatório. Só deve fazer este tratamento quando não se é alergico ás picadas das abelhas, não recomendo sem saber se o indivóiduo possui essa capacidade.

O Árabe disse...

Bela e criativa resposta, amiga! :) Boa semana.

O Profeta disse...

As andorinhas do Mar chegaram
Com alegria tatuada nas penas refulgentes
Soltam chilreados estridentes
Dançam no azul, rodopiam contentes

A maresia adormeceu na areia
O mar transformou-se em espelho de água
Uma nuvem mirou-se nele
Verteu uma última gota de mágoa


Boa semana


Doce beijo

Parapeito disse...

Ficaram mto engraçadas estas quadras :))
Massagem nas costas e mimos ao acordar..tal como o pequeno almoço na cama...ai ai ai que bom
:)

Uma boa semana Perla cheia de brisas mansas***

© efeneto disse...

Tenho palavras que te procuram,
que se acendem nesta existência suave;
palavras para seguir caminhos,
para te abrir os dias;
palavras partículas de fogo
que acarinho para os momentos precisos
nos seus puros abandonos;
palavras verticais como chamas,
que te chamam na procura,
mais claras que o dia.
Com palavras de lua e de vento
invento veredas de palavras
que adoçam os silêncios
e explicam as madrugadas.
Palavras que só a ti direi.

Palavras que servem para dizer que irei voltar aos poucos á vossa companhia.
Um fim-de-semana cheio de amizade e palavras

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Beautiful Stranger disse...

seria essa uma utopica e imenssuravel duvida? sei dizer apenas que com um singelo 'post' me fez pensar muito, adorei a narrativa...


;)
strangerbeautiful.blogspot.com

O Árabe disse...

Bom fim de semana. Um dia voltas! :)

O Profeta disse...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço


Boa semana



Doce beijo

Auréola Branca disse...

Interessante a sua forma de responder ao Desafio. Tentarei poetisar algum comentário, futuramente (apesar de achar que isso é seu dom...)

Abraços saudosos.

Ana Martins disse...

Olá Perla,
parabéns saíste-te muito bem com este poema para cumprir as regras do prémio que te foi atribuído.


Beijinhos,
Ana Martins