20081026

Tenho frio

Tenho frio, estou gelada
Envolve-me no teu abraço
Para que esqueça o cansaço
Mergulhada no teu peito

És o berço que me embala
O cobertor que me aquece
Que me circunda de calor
Sempre que o dia escurece

Segreda-me o teu amor
Percorre-me de energia
Aquieta-me a vontade

Invade-me do teu odor
E amanhã no novo dia
Brilharei tranquilidade

28 comentários:

O Árabe disse...

Muito bem lembrado, amiga: é sempre um abraço que nos aquece a alma. :) Boa semana.

Só Eu disse...

Sentes os meus braços? Vou apertar mais um pouquinho. Sentes agora?. Pronto está dado o abraço que te vai aquecer a alma. Estou sempre do outro lado do monitor.
Beijinhos

Pequito Romero disse...

Eu gosto desses abraços.
Fortes e ao memso tempo suaves, como alguns chãs!

Joaninha disse...

é tão bom abracinhos...

Beijos

jguerra disse...

É tão bom ler-te. Deixei-te um presente no blog.
Abraço

Ferreira-Pinto disse...

Coisa linda, estes abraços assim fortes!

poetaeusou . . . disse...

*
tenho frio,
do teu colo . . .
,
maresias nocturnas,
envio
,
*

Baraújo disse...

e quem pode recusar???

ao som de uma lareira.
tela de fundo a chama.

os actores... nem é preciso dizer.
o guião?... imaginaçao...

beijo terno

Maresia disse...

Gostei...

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Perla, belo poema...Espectacular...
Beijos

A.Tapadinhas disse...

Quantas batalhas são precisas
Quantas guerras temos de vencer Para que enfim no novo dia
Possa brilhar a tranquilidade?

Beijo.
António

mundo azul disse...

...doces e ternos os seus versos!
Um apelo irresistível...


Beijos de luz e um dia muito feliz!!!

ZezinhoMota disse...

Perla!

Aproveito de ler a tua bonita poesia e desejo-te um fim de semana muito feliz...

Bjnhs

ZezinhoMota

literatura disse...

Olá amiga Perla!
Obrigado pelo seu comentário, é sempre agradável ouvir alguém pronunciar-se sobre aquilo que publicamos.
Visitei o seu bloggue gostei das poesias publicadas. Pois têm uma linguagem muito própria. A grandeza expressa no significado das palavras, ultrapassanos. Parabéns.

Um beijinho
Noribal

BANDEIRAS disse...

Bela poesia, amiga

Bjs

varal experimental disse...

ah, preciso ser aquecida.

belas palavras.

beijos

.::Borboleta::. disse...

brilhar amor...
é perfeito
beijinho

Carol disse...

E que bom que é poder abraçar e ser abraçada...

O Árabe disse...

Aguardando novo post, desejo-te uma boa semana.

Carla disse...

nada melhor do que um abraç que nos inunda de amor
beijos e boa semana

O Profeta disse...

A Lua sangra no celeste
Aprisionada está a razão
Olhos sem a virtude da luz
Uma fria pedra no coração

Um banco de jardim
É leito do rei da sarjeta
Almofada de encardido cartão
Acomoda esta carcaça inquieta


Boa semana


Mágico beijo

Ana Martins disse...

Olá Perla,
Agradecendo e retribuindo a visita, encontrei um blog onde também se canta o amor.

Gostei muito, beijinhos

Multiolhares disse...

Nada como um abraço forte, por vezes sabe melhor que outro qualquer carinho
beijos

Baby disse...

Ah como é gostoso um abraço, todo o mundo concorda que é a coisa melhor do mundo, a qualquer hora do dia ou da noite...

Berijinhos.

© efeneto disse...

Quando as palavras
secam na garganta
no momento exacto de as dizer
parecem rochas encrostadas na terra
impossíveis de as moldar.
Fico na impotente ansiedade
como náufrago, sem gritar.
Sei como são cruéis
e tiranas as palavras
que se recusam a pronunciar-se
naquele exacto momento
em que mais são precisas.
Quando me acontece contigo
substituo-as pelo olhar
e as mãos dizem o resto.

Voltei. O Grito do Poeta calou-se. Pode ser que ressuscite. Até lá convido a apanharem umas Migalhas de Poesia. Fica a promessa que voltarei para vos ler e apreciar com a atenção que merecem. Afinal os amigos souberam esperar. Até já…

Vieira Calado disse...

Também lhe envio aquele abraço, para aquecer a alma...

:)

Bjs

LOURO disse...

Olá Amiga Perla, envio-lhe um grande abraço pelo seu belíssimo Soneto...
Boa semana... Beijinhos de ternura,
Lourenço

O Árabe disse...

Desejo-te uma bela semana... e avisa-me da nova postagem! :)