20080922

A solidão

Sentir-se rejeitado
Olhar-se mal amado
E pensar em si a culpa, o pecado

Mas não ler no peito a causa, o motivo
De não haver ninguém consigo
Alguém onde chorar, um ombro amigo

Tristeza, penas, abandono
Perde-se a alegria de viver
A alma adoece
E o rosto desvanece
Na vida amargo sono
De uma noite que não quer amanhecer

Quando a amizade é apenas utopia
E o amor unicamente uma ilusão
Sufocam emoções em negro dia
Como um arrocho enforcando o coração

É um olhar que nunca acontece
É um sorriso que tarda em chegar
É um verbo que sofre negação
É uma dor que te cobre como um manto
E transforma o teu rio em mar de pranto
E te assombra esse fantasma, a solidão

Mas se dela desprenderes o olhar
E granjeares uma réstia de luar
Nem tudo está perdido, podes crer
Segura firme a chama que alumia
Pois dentro de ti tens o poder
De transformar a noite em pleno dia

28 comentários:

Pequito Romero disse...

Mas quantos e quanto persistem em esconder ou apagar diariamente essa luz?

varal experimental disse...

Solidão é coisa muito ruim.

Bjs

Cadinho RoCo disse...

O amor pode tudo.
Cadinho RoCo

Só Eu disse...

Poema intenso e muito bem construído. Parabens
Um beijinhos

Carol disse...

Pena dos que não querem amar e ser amados...

mundo azul disse...

...belo poema!!!
Um prazer ter vindo aqui...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

Baby disse...

Lindo e sentido este teu poema, que veste perfeitamente em mim.
"Mas se dentro de ti tens o poder
De transformar a noite em pleno dia", então que esse dia amanheça depressa e de cubra de luz e de cor.
Beijinho.

O Profeta disse...

Nunca estaremos sós...acredita...


Doce beijo

The Hazy Looker disse...

Há sempre uma luz no fundo túnel, mesmo nas vidas mais escuras.
Parabéns pelo belo poema.

Um beijo grande.

instantes e momentos disse...

ótimo voltar ao teu blog, é bom vir aqui. Bem escrito, como sempre.
Tenha um belo dia
Maurizio

markus disse...

NDO,
solidão é barreira a ultrapassar, e onde não é bom ficar...
Bom resto de semana.Bjos*********

joana disse...

Estar só...As vezes necessito, outras detesto, outras ainda são a antecipação de estar acompanhado...

Adorei o poema. beijos e prepara-te vou-te.........................Linkar
hahahahaha, Posso?

beijos

poetaeusou . . . disse...

*
a solidão
é a ilusão do da utopia,
,
rejeita a solidão e vive,
,
conchinhas
,
*

Joaninha disse...

OLha a Joana lá em cima sou eu :)

beijos

jguerra disse...

Instantes de solidão todos temos, por vezes sabem muito bem. Vidas de solidão são poucas, mas devem ser rapidamente preenchidas de amizade, amor e carinho.
Votos de um bom FDS

Mário Margaride disse...

A solidão, é o mais terrivel dos sentimentos. Principalmente, quando essa solidão nos é imposta.

Belo poema!

Bom fim de semana!

Beijinhos

Mário

Multiolhares disse...

Só quando transmutamos a escuridão em luz, podemos viver em harmonia
beijos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belo poema que retrata a solidão...Espectacular...
Beijos

O Árabe disse...

Belo, Perla! Nosso é o poder, sim... nunca devemos duvidar desta verdade! :) Boa semana.

Espaço do João disse...

O amor não tem limites. Mesmo para aqueles que amam e não são amados.

Carla disse...

provoca dor esta solidão...mesmo com a capacidade de "transformar a noite em pleno dia".
beijos

O Profeta disse...

PAssei para te deixar um terno beijo...

Espaço do João disse...

Com que então, não conhece esta fruta? Muitas são as pessoas que não a conhecem. Há pelo menos duas espécies de araçais, a saber:-o amarelo e o roxo. São parecidos com as goiabas mas, um pouco mais pequenos. Vai ao google e procura a planta chamada araçazeiro, terás uma descrição mais promenorizada.
Beijo amigo João

pedro disse...

um dos poemas mais lindo que li..
esculpido sobre o sentimento mais gelado que existe.
a solidão doi tanto, esbate os sonhos, corroi o hoje e o amanhã, apaga os passos na rua da cidade.. afasta o grito....
quase nos derrota...
porque fica carinho por dar
sonhos por partilhar
palavras por aconchegar na mente..
quereres por bem querer...

mas espera


23 comentários, mais o meu que agora escrevo, gestos de amizade dos que te leem, carinho muito carinho que revelas em tudo o que escreves..

não estas so

e eu estou contigo

estamos contigo

beijo e força

ZezinhoMota disse...

Ler é uma das minhas razões de vida... E gosto muito de te visitar e ler, mesmo que por vezes não deixe nada escrito...

Feliz domingo.

Bjnhs

ZezinhoMota

DRACULEA Café Bar - The Devil's Den disse...

"So quero que o mundo se aproxime de mim
Mas sinto-me a afastar do mundo.
Caio num buraco sem fundo,
Caio num abismo sem fim."

Twlwyth disse...

É o teu poema que mais gostei de ler até hoje. Tem TANTO...

Beijo

Ana Martins disse...

Olá perla,
muito lindo seu poema "SOLIDÃO", em tom de comentário aqui deixo a "SOLIDÃO" narrada por mim.

SOLIDÃO

Abre-se a porta
Numa esperança vã,
O vento lá fora
Atrasa o amanhã.
A noite já longa
Apraz-me com a solidão
Da melancolia que ronda
As margens do meu chão.
A dureza da verdade é o limite
Da cruel realidade que me transmite,
Que querer negar que sofro,
É cobardia...
Querer parar o choro,
Fantasia...
Aperto tua foto contra o peito,
Acarinho-a, dou-lhe beijos,
É o meu jeito...
Eu sei!
Não consigo recuar o tempo,
Mas tudo o que escrevo e digo
É sentimento!

Ana Martins

Beijinhos