20080822

Verão azul

Navego no mar dos teus olhos
Mergulho nas ondas do teu cabelo
Com o sol da tua voz me aqueço

Estou árvore inteira com todos os ramos
À sombra dos quais adormeço

Perco-me nos versos que escrevo em mim
Quando entrego os lábios ao beijo da vida
Na cor da viagem há tanto apetecida

Sonho verde em terra azul
O teu lugar de eleição
Regato onde me encontro
E nado ao ritmo do coração

23 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

muito bem, uma poesia fresca, muito bonito, eu gostei.

poetaeusou . . . disse...

*
mergulho
na brisa das palavrs,
em poemas refrescados,
,
conchinhas
,
*

Carol disse...

Muito bonito, como sempre!

Eu continuo de férias no Poetiz@r, mas de serviço no Contr(R)a Corrente ( http://nestepais.blogspot.com/ ).

Parapeito disse...

...e que bom que é navegar assim...

Que o verão seja sempre azul :)

****

Esmeralda disse...

Perla, e porque não sonhar verde em terras verdes?

beijocas

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Perla, boa poesia...Espectacular...
Beijo

O Árabe disse...

Belo e azul é sempre o verão dos nossos amores... :)

markus disse...

Perla,
Lindas as tuas palavras e adequadas á estçaõ do ano q atravessamos "...Sonho verde em terra azul..."
Bom fds.Bjos**********

mariavento disse...

Excelente...

Baby disse...

Pela tua poesia vi que também tu amas a vida, o amor e a ti própria, três coisas essenciais para se ser feliz.
Apreciei a tua visita e as tuas palavras.
Deixo um beijo.

OUTONO disse...

"Perco-me nos versos que escrevo em mim
Quando entrego os lábios ao beijo da vida
Na cor da viagem há tanto apetecida"

Continua a perder-te...serás sempre encontrada.

Beijo

Martim disse...

é tao bom ter uma arvore e poder aproveitar a sombra que ela nos dá...aiiiii...:)
beijos***

mundo azul disse...

Que doce canção em seus versos!


Beijos de luz e o meu carinho...

Joaninha disse...

"Estou árvore inteira com todos os ramos
À sombra dos quais adormeço"

Que liiiindo :)

Todo o poema é lindo mas aqui fiquei abananada :)

Beijos

jguerra disse...

Verão azul: nome de uma série, das minhas férias, e do teu belo poema.

Pequito Romero disse...

Tenho a imensa sensação que esta PERLA há-de ser uma pérola que não me será estranha, mas não tenho a certeza.

De qualquer forma, um bom conselho é sempre bem recebido e deve ser sempre alvo de análise.
Naquele caso, para além dos apêndices que muitas vezes acompanham tais entradas inopinadas portas dentro e para os quais o antivírus costuma ser remédio eficaz, resta o que se disse ... um enorme bocejar!

O Profeta disse...

Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu
A cidade desperta para o arraial
Uma noiva procura o perdido véu

Os acordes da Banda no Coreto
Uma tuba marca o compasso
O clarinete dança na calmaria
O Maestro solta gestos no espaço



Boa semana



Mágico beijo

osátiro disse...

Poema sensível. afectivo e também sensual.
Lindo!

varal experimental disse...

SEMPRE MUITO LINDAS AS TUAS POESIAS.

BJS

Camila Colossi disse...

nhaa q alivio ler iso auhauha

Eduardo Ramos disse...

Um pouco lamechas e lugar comum.
Acaba bem.

Carla disse...

...um sonho em tons de azul
beijos

Uma estrela errante disse...

Olá,

deleito-me no teu manto de palavras mescladas em sentires...

beijinho