20080722

Desenho-te

Rabisco-te em folhas de papel
Desenho-te em tranças e laços de cordel
Sonho-te as formas
Contorno-te as normas
Revisto-te de imagens
Pinto-te de paisagens
Reproduzo-te em cores
Esqueço-te as dores
Cristalizo-te os momentos
Apago-te os lamentos
Limo-te as arestas
Circundo-te de festas
Vida...
Feita poema

25 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
vida
em papel A4
tracejadas
pelas arestas
do meu olhar,
,
desenhadas conchinhas
,
*

ZezinhoMota disse...

Perla!

Bonito o que escreves e com muito sentimento...

Gosto muito de te ler...

Tenho pena que não consigas entrar no zezinhomota.blogspot.com porque é o meu blog principal.

Bjnhs

ZezinhoMota

Ana Diniz disse...

Um jogo de palavras apaixonante...

"Contorno-te as normas/
(...)
Limo-te as arestas"

Tocou-me.

Nada melhor que uma poesia desenhada com tamanha elegância, delicadeza e criatividade... Parabéns.

Obrigada pelo comentário. Seja bem-vinda ao meu espaço sempre que puder!

Grande beijo e muitas estrelas!!!

.::Borboleta::. disse...

como os momentos podem ser simplificados numa folha de papel... é magico... e uma grande arte de expressar sentimentos...
beijinho*

NAELA disse...

Perla um desenho feito de Amor e sentimentos que despertam em nos a vontade de permanecer na magia dos teus versos!
Beijo doce

Alice Matos disse...

Tão lindo, Perla...
Cadência de palavras escolhidas para manifestar sentimentos... amor à vida...
Beijo grande para ti...

varal experimental disse...

Belo poema.

Bjs

Só Magui disse...

Em resumo: Sabes viver!

Carla disse...

...que belo desenho
beijos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Perla...Belo poema...
Beijos

Naty disse...

OLa muito bonito este teu cantinho parabens
voltarei
bjs naty

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Depois de uns dias de "folga", aqui estou de novo para agradecer as palavras sempre carinhosas, com que me presenteias nas tuas visitas aos meus cantinhos.


num simples papel em branco
Desenhamos emoções,
Com traços firmes
Ou trémulos
Saem dos nossos corações


Um excelente fim de semana, com tudo de bom.
Um grande beijinho, com muito carinho e amizade.

Mário

Cristina disse...

Olá boas tardes Perla.
O teu poema está lindo.
O desenho traça-nos o nosso perfil,
como somos de aparência etc...
O importante é exprimir-mos o que nós sentimos e o que vai nas nossas almas.
Desejo-te um bom e feliz fim-de-semana cheio de felicidade e tudo de bom.
Aqui vai um enorme beijo directamente de Quarteira para ti.
Cristina Bernardo
Quarteira-Algarve 26 de Julho de 2008 ás 16:50

Latitudes disse...

obrigado pelas pérolas de orvalho que deixaste nas minhas Latitudes...
nesse pequeno mundo de cristal, desenha-se transparente a poesia de onde descreves a sua/tua preciosidade...

Carol disse...

Mas que belo desenho este!

Parapeito disse...

Muito bonito
"...Limo-te as arestas..."
Que a sabedoria e a paciência te ajudem a limar e a polir as arestas que fores encontrando ao longo da tua vida.

Dias con brisas mansas :)

O Árabe disse...

São os poemas, amiga, que valem por toda uma vida. :) Boa semana.

Ana Diniz disse...

Passei para deixar um abraço.

Depois volta lá no blog, tem poema novo apaixonado...

O Profeta disse...

Majestosa e altivamente submissa
Uma árvore curva-se à lagoa
Encontrei um arco-íris perdido na terra
Este canto não pára até que a alma doa


Convido-te a olhar os sentires que emanam do altar do Sol


Boa semana


Mágico beijo

Vieira Calado disse...

E está bem feito,
este poema em forma de vida!
Gostei.
Bjs

Carol Barcellos disse...

Perla, como é bom poder desenhar assim!!! Belíssimas imagens há neste poema, parabéns! Está mesmo reluzente como uma gota de orvalho...
Beijinhos doces cristalizados!!! ;o)

José António disse...

Bem, a escreveres assim...até aceitarias que tentasses limar-me as arestas.

Joaninha disse...

Adorei!

Um beijo e boaas férias ;)

Patrícia disse...

Gostei!

Continua assim, Perla.

beijinho e boas férias ***

PS .: Agora estou neste cantinho !

Eduardo Ramos disse...

Caramba.
Estás-me a conquistar.