20080418

Vem

Vem
Entrelaça os teus dedos nos meus
E sussurra-me ao ouvido
Aquelas palavras que eu gosto de ouvir

Morde-me a orelha
E percorre comigo
As etapas do percurso por descobrir

Vem
Que um arrepio me percorre a pele
Pois tu és meu cata-vento
Mas também a pedra em que assento
E eu preciso de ti

11 comentários:

O Profeta disse...

Um convite para o jardim das hepérides...


Total é a loucura do querer
Breve é chama da doce paixão
Total e insubmissa é a verdade
Que emana do teu terno coração

Sigo os passos da tua procura
Queda-se teu corpo nu em melodia incompleta
És instante da bondade dos Deuses
O canto de uma ribeira que o sol desperta


Um mágico fim de semana


Doce beijo

Joaninha disse...

Não o teria dito melhor,,,

Miki disse...

Afinidade…
Não é sentir, nem sentir contra…
Nem sentir para…
Nem sentir por…
Nem sentir pelo…
Afinidade é sentir com!

Um fim de semana cheio de alegria e harmonia.
Beijo

Espaço do João disse...

Agradecido pela preocupação.
Isto vai passar e brevemente terão surpresas. A primavera para mim ainda não acabou. Espero fazer mais primaveras. Recebe um beijo fraterno e tem um bom fim de semana. João

BANDEIRAS disse...

Amiga, que lindo poema !
Amei ! adoro essas coisas de amor, sensualidade, tesão no ar...
Gosto de ler essas coisas por aqui, me faz sentir um arrepio na espinha, uma vontade de amar...e ser amada.
Ah....preciso encontrar meu amor...
Bjs e bom Domingo

Filoxera disse...

Poesia e amor de mão dadas, mais uma vez.
Obrigada pela presença num dia doloroso. Tocou-me.
Um beijo.

Espaço do João disse...

Minha querida.
Vai até ao espaço do joão (jsousa41blogspot.com e encontrarás um miminho para ti. Muitos beijinhos do João.
Belo poema.

lua prateada disse...

E foi assim...no sorriso do tempo
Envelhecido pelo vento!...
Mas com cara feliz por perdurar
Que passei deixando o verbo amar...
e um lindo domingo.
Beijinho prateado com carinho
SOL

Donagata disse...

Através da Minha nuvem vim aqui ter e, gostei muito. Gosto muito de poesia e li aqui material que saboreei com verdadeiro agrado.

Carla disse...

palavras que causam arrepios

Maria Clarinda disse...

Descobrir o teu espaço foi lindo.Parabéns pelos belos poemas que aqui tens.
Jhs